sexta-feira, 21 de março de 2014

Dia 1
 
Por vontade de Deus
“Paulo, apóstolo de Cristo Jesus por vontade de Deus, aos santos que vivem em Éfeso e fiéis em Cristo Jesus, 2 graça a vós outros e paz, da parte de Deus, nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo.” ( Carta de Paulo aos Efésios 1:1-2).
         Creio que a maior luta que enfrentamos em nossa caminhada de fé, não é o fato de crermos ou não na pessoa de Deus, mas confiarmos ou não de que nossas vidas estão debaixo de sua vontade.
         A carta à igreja de Éfeso, foi inspirada pelo Espírito Santo de Deus, que através do apóstolo Paulo, vem dar para aquela igreja e a todos os leitores da carta, um direcionamento da vontade de Deus para a vida de cada um que se propõe a crer na vontade soberana de Deus em suas vidas. Paulo estava ciente de que estava vivendo essa soberana vontade em sua vida, ao escrever a carta menciona a sua prisão pessoal no capitulo 3 vs.1 e no capitulo 6.20. Leia: Ef 3.1:” Por esta causa eu, Paulo, sou o prisioneiro de Cristo Jesus, por amor de vós, gentios” e Ef 6.20: “pelo qual sou embaixador em cadeias, para que, em Cristo, eu seja ousado para falar, como me cumpre fazê-lo”. O interessante, que apesar da prisão, provavelmente a domiciliar conforma At 28, ao escrever aos Efésios Paulo cita ser apóstolo por vontade de Deus. Apesar de todas as circunstâncias difíceis, Paulo entendia o seu chamado.
             Se percebermos na bíblia as histórias dos apóstolos veremos suas grandes lutas, dificuldades, prisões e mortes; quanto mais na vida do apóstolo Paulo. Agora, podemos perceber, que apesar de todas as suas lutas e dificuldades, sua consciência e certeza era que seu apostolado era pela vontade de Deus.
            Meu amigo, quantas são as lutas que muitas vezes tentam nos abater e desanimar? Quantas vezes ao nos levantarmos pra realizar a obra do Senhor, as perseguições e embates da vida tentam nos abater? E quantas vezes queremos desistir? Somos convidados pela palavra de Deus nesse dia, a entender qual é a sua vontade, e estarmos convictos de que somos chamados, eleitos, justificados e vocacionados para darmos frutos pela vontade de Deus. Precisamos crer nessa vontade e nos apegarmos a ela , como a razão de nossas vidas e chamados. Não creia que tua vontade é perfeita, mas creia que tua vida está sendo assegurada pela vontade daquele que vocacionou a Paulo e o capacitou a ser apostolo. Sua vida e chamado estão seguros pela vontade de Deus.
Oração:
“ Senhor, dá-me firmeza de que seu chamado em minha vida, não é fruto da vontade e dos caminhos humanos, mas que estou chamado e seguro pela tua vontade amém.”

Coloque-se na brecha

“E busquei dentre eles um homem que estivesse tapando o muro, e estivesse na brecha perante mim por esta terra, para que eu não a destruí...