Pesquisar este blog

sábado, 7 de abril de 2012

A Páscoa



(Ex12. 3,5-7,13,22-28)

Desde o jardim do Éden o pecado entrou no mundo condenando o homem ao inferno, e desde então ele precisa de uma solução. A solução, o perdão, de nossos pecados ocorre no sacrifício de Jesus, onde ele deu a vida por nós pagando pelos pecados de todo aquele que nele crer.
A história bíblica descreve o plano de Deus de enviar seu filho ao mundo pagando pelos nossos pecados e assim nos perdoando.
Na narrativa bíblica conhecemos o povo Israelita que nasceu no Egito e lá foi escravizado. Assim como nós nascemos no pecado e nele fomos escravizados.
A Palavra páscoa é hebraica e significa passagem.
A páscoa tornou-se uma das três grandes festas, em comemoração do êxodo, ou seja, da libertação dos israelitas do Egito.
O povo de Deus reunia-se anualmente, em Jerusalém para esta festa que começava no mês primeiro, aos 14 do mês, no crepúsculo da tarde. Iniciava com uma refeição , que consistia de um cordeiro assado, ou um cabrito, pães asmos e ervas amargas. O cordeiro servia para recordação do sacrifício; o pão sem fermento da pureza; e as ervas amargas da servidão amarga do Egito.
Deus mandou dez pragas para o Egito, mas antes que a décima praga viesse,que era a morte de todo primogênito egípcio, instituiu que o povo Israelita que habitava no Egito, deveria sacrificar um cordeiro, sem defeito, macho de um ano, ou um cabrito e matá-lo a tarde, passarem o sangue nas portas e comerem de sua carne, pois a décima praga viria: a morte dos primogênitos do Egito. O anjo enviado por Deus passaria por cima do povo e veria que a casa marcada pelo sangue do Cordeiro era de seu povo. Deus queria que seu povo assumisse uma posição de povo exclusivo de Deus. Deus sabia quem era israelita e quem não era, porém o povo deveria ter uma marca assumida, o sangue do cordeiro em suas portas, mostrando que pertenciam a Deus . Com o sangue nas portas, eles não seriam feridos.
Então, enquanto o SENHOR feriria o povo Egípcio, seu povo Israel estaria comendo o cordeiro sacrificado, com pães sem fermento e ervas amarga em suas casas.
Este cordeiro é um anuncio do cordeiro de Deus que seria sacrificado para salvar aqueles que marcarem suas vidas e casas com seu precioso sangue derramado no sacrifício da Cruz.
O sangue de Jesus, marca a vida da família, é nas portas de nossas casas (famílias) que ele deve ser colocado, e quando nossas famílias estão marcadas pelo sangue de Jesus, não sofrerão a morte eterna, mas passarão da morte para a vida.
O v.11 no diz: – “é a Páscoa do SENHOR”. – a palavra páscoa significa “ passar por cima” – O anjo enviado por Deus passou por cima dos Israelitas e não os feriu. O povo de Israel passou pelo mar vermelho e não morreu. Passou da escravidão para a liberdade.
Hoje, a páscoa é a celebração anual em que lembramos a nossa libertação dos pecados através de Jesus.
Agora no Novo Testamento, comemoramos também a nossa passagem. A saída da escravidão do pecado para a vida com Deus e vida Eterna. Esta passagem foi feita na Cruz de Cristo e sua ressurreição. Pois na sua cruz ele nos lavou de nossos pecados e na ressurreição ele venceu a morte demonstrando o grande amor que tem por nós. Seu sacrifício e ressurreição são a passagem da escravidão e morte do pecado para a liberdade e vida com Deus. Assim como, o povo de Israel foi liberto da escravidão e morte do Egito, assim também em Cristo podemos viver livres da escravidão do pecado e cativos ao amor de DEUS.
Jesus Cristo é o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo, mas cada um de nós deve marcar sua vida com o seu sangue. Cada um de nós precisa crer que ele foi morto pelos nossos pecados e o seu sangue vertido na cruz nos marca como seus filhos, como seu povo exclusivo.
Isaías 53: 4 e 5 nos diz:
Certamente, ele tomou sobre si as nossas enfermidades e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus e oprimido. 5 Mas ele foi traspassado pelas nossas transgressões e moído pelas nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.
Romanos 8.1
Agora, pois, já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus.
Creia que Jesus é seu Salvador, e assim, marque sua vida com o sangue do cordeiro.
Pr Welinton.

Nenhum comentário:

Postar um comentário