Pular para o conteúdo principal

A cruz e o perdão

Lucas 23: 33-35

Quando chegaram ao lugar chamado Calvário, ali o crucificaram, bem como aos malfeitores, um à direita, outro à esquerda. 34 Contudo, Jesus dizia: Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem. Então, repartindo as vestes dele, lançaram sortes. 35 O povo estava ali e a tudo observava. Também as autoridades zombavam e diziam: Salvou os outros; a si mesmo se salve, se é, de fato, o Cristo de Deus, o escolhido.

O que simboliza a cruz de Cristo: Certa Criança definiu : “Ela é uma escada pela qual subindo degrau após degrau um dia chegaremos aos céus” – A cruz tem sido um símbolo do cristianismo por muito tempo, pois foi em uma cruz que o Senhor Jesus morreu pagando pelos nossos pecados. Há pessoas que se confundem adorando cruzes, carregando cruzes, as tendo em correntes, ou em enfeites, quando na verdade deve ser adorado aquele que nela foi crucificado e ressuscitou. Mas, acima de tudo a Cruz é uma mensagem de perdão e salvação.

Os versículos que lemos falam da crucificação do Senhor Jesus, ele foi crucificado ali para pagar pelas nossas culpas, e o texto diz, que enquanto ele estava na cruz, perdoava os que o crucificavam e aqueles que dele zombavam. Na cruz ele perdoou nossos pecados, e na cruz perdoou até aqueles que o crucificavam.

Perdão é um assunto que influencia a vida de todas as pessoas. Como posso me livrar da culpa pelos erros que cometi? Como eu posso lidar com as pessoas que me magoaram?

Hoje, vamos olhar pra cruz de Cristo pra melhor compreender a questão do perdão.

A cruz de Cristo e o perdão ao homem

1)A cruz de Cristo revela que sou perdoado

1Jo 2.1 e 2 - Filhinhos meus, estas coisas vos escrevo para que não pequeis. Se, todavia, alguém pecar, temos Advogado junto ao Pai, Jesus Cristo, o Justo; 2 e ele é a propiciação pelos nossos pecados e não somente pelos nossos próprios, mas ainda pelos do mundo inteiro.

Eu devo levar até a cruz todos os pecados que cometi

Nós somos salvos e perdoados para não pecarmos. Se antes de crermos que Jesus é nosso salvador o pecado era uma constante, depois que Cristo nos salvou o pecado deve ser uma exceção. O texto nos diz que Cristo, em seu sacrifício é a propiciação ( ele é aquele que se colocou em nosso lugar) pelos nossos pecados e de todo o mundo. E o mundo pode assumir essa propiciação de Cristo o aceitando, pela fé.

Quantas vezes pecamos contra Deus? Quantas vezes O ofendemos, fazemos algo que Ele não aprovou, deixamos de cumprir um mandamento explícito na Palavra? Quantas vezes você errou por ações ou até por pensamentos? Quantas vezes, por ignorância, cometemos coisas que nem sabíamos que eram erradas? Faça a conta!

É impossível calcular a nossa dívida de pecados! Mas, quando eu me reconheço pecador, me arrependo e peço perdão sinceramente, eu sou perdoado!( Isso é tremendo!)

Eu posso levar até a cruz todos os pecados que eu já cometi. Todos mesmo! Até aqueles dos quais eu me envergonho muito, que eu não teria coragem de contar pra ninguém. Eu devo levar tudo pra cruz.

Veja o que a Bíblia diz:

“ Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda a injustiça” ( I João 1:9 )

“ Quem esconde os seus pecados não prospera, mas quem os confessa e os abandona, encontra misericórdia” ( Pv 28:13 )

Qual é o seu pecado? O que tem desagradado ao Senhor em sua vida?

Observe que o perdão que Deus nos oferece não é automático. Ele exige uma atitude da nossa parte. EU PRECISO IR ATÉ A CRUZ E CONFESSAR OS MEUS PECADOS. Então, recebo o perdão e volto disposto a ABANDONAR AQUELE PECADO.

Oração: Lanço na Cruz do Senhor meu pecado de ...........................

2) A cruz de Cristo revela que devo perdoar o próximo

34 Contudo, Jesus dizia: Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem. Então, repartindo as vestes dele, lançaram sortes.

O Senhor Jesus, sendo crucificado perdoava os seus carrascos, as pessoas que o colocavam na cruz, por causa dos nossos pecados, foram perdoadas por ele. As pessoas que gritavam: “Crucifica-o”, foram por ele perdoadas. Mesmo na mais intensa dor, e sendo também humano, ele conseguiu perdoar.

Se ele perdoou, quem somos nós para não perdoarmos?

Devemos levar para a cruz todas as ofensas que recebemos.

Durante a nossa vida, muitas e muitas vezes, pessoas cometem “erros” para conosco. São mágoas, traições, ingratidões, violência, injustiças, uma lista interminável de situações que já feriram a nossa alma.

Uma pessoa ferida não consegue ser feliz! Se há mágoas no nosso coração, nós nos tornamos enfermos na alma e, até, no físico. O que fazer com as nossas feridas de alma? Novamente a resposta está na cruz!

Reflita em pensamento:

“Eu levo para a cruz não só o que eu fiz de errado para com Deus, mas também o que outras pessoas fizeram comigo”. Muitas pessoas, por não conhecerem esse mecanismo de cura, guardam em seus corações desejos de vingança. Elas alimentam a mágoa, prometem a si mesmas que jamais se esquecerão do que lhe fizeram e, pior, planejam maneiras de se vingar daqueles que as feriram.

Mas, só é olhar pra cruz que entenderemos como Jesus agiu diferente: “ Pai, perdoa-lhes porque eles não sabem o que fazem” – essa foi a oração que Jesus fez diante daquelas pessoas que o estavam crucificando e ofendendo. Jesus deixou na cruz toda a possibilidade de ficar magoado.

É assim que eu devo agir! Veja o que a Bíblia diz: Romanos

12.19 não vos vingueis a vós mesmos, amados, mas dai lugar à ira; porque está escrito: A mim me pertence a vingança; eu é que retribuirei, diz o Senhor.

“ Amados, nunca procurem vingar-se, mas deixem com Deus a ira, pois está escrito: Minha é a vingança; eu retribuirei, diz o Senhor” ( Romanos 12:19 )

( Colossenses 3:13 ) Suportai-vos uns aos outros, perdoai-vos mutuamente, caso alguém tenha motivo de queixa contra outrem. Assim como o Senhor vos perdoou, assim também perdoai vós;

Culpa e mágoa são duas terríveis enfermidades de alma que roubam a nossa paz, a nossa alegria e até a nossa saúde. Mas a cruz de Cristo me traz cura pra esses dois problemas.

Quando eu confesso meus pecados, recebo de Deus perdão e sou curado de toda a culpa. Quando confesso pra Deus o que pessoas fizeram contra mim e decido declarar perdão para elas, recebo de Deus a cura para a mágoa e o ressentimento. É um milagre! Deus age na nossa alma e, sobrenaturalmente libera o seu poder de cura.

O que as pessoas fizeram pra você?

Diga em seu coração “ Senhor ( tal pessoa) ( tais pessoas) fizeram ............., e eu as perdôo em nome de Jesus.

O resultado: uma paz maravilhosa e real! Uma paz interior que não se compra nem se encontra em lugar algum.

3) A cruz de Cristo revela que preciso do Sacrifício

Romanos 6.8 Ora, se já morremos com Cristo, cremos que também com ele viveremos,

1. Hoje é dia de ir à cruz

Aquele que crê em Cristo também passa pela cruz, na cruz morre o velho homem e nasce uma nova criatura, uma pessoa controlada e cheia do Espírito Santo e que tem a vida eterna.

Você não precisa sentir vontade de perdoar. Basta declarar, com fé que você perdoa. A mensagem da cruz é uma mensagem de perdão. Jesus já fez a parte dEle. Ele completou a obra e o projeto de Deus. Faça a sua também e experimente a paz que Ele oferece!

Lembre-se: talvez você aos poucos, perdeu a capacidade de se arrepender e confessar seus erros diante de Deus. Isso precisa acontecer. A mágoa é algo que nos ronda com freqüência. Precisamos exercitar o perdão diariamente.

Conclusão :

Acima de tudo a Cruz é uma mensagem de perdão e salvação.

Os versículos que lemos falam da crucificação do Senhor Jesus, ele foi crucificado ali para pagar pelas nossas culpas, e o texto diz, que enquanto ele estava na cruz, perdoava os que o crucificavam e aqueles que dele zombavam. Na cruz ele perdoou nossos pecados, e na cruz perdoou até aqueles que o crucificavam.

A cruz de Cristo e o perdão ao homem

1)A cruz de Cristo revela que sou perdoado

2) A cruz de Cristo revela que devo perdoar o próximo

3) A cruz de Cristo revela que preciso do Sacrifício

Hoje é o dia de você ir até a cruz ,de passar por ela, de deixar nela quem você é , pra viver o que Deus quer que você seja.

Lucas
9.23 Dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, dia a dia tome a sua cruz e siga-me.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trazendo a Arca da Aliança

Como trarei a mim a arca de Deus? Leonard Ravenhill(1907-1994) foi um escritor e evangelista cristão britânico que focalizava em assuntos como oração e avivamento. É mais conhecido por desafiar a igreja moderna e seu mais notável livro é “Por Que Tarda o Pleno Avivamento?” Através de seu ensino e de seus livros, Ravenhill abordou as disparidades que ele percebia entre a Igreja do Novo Testamento e a Igreja moderna e apelou para a adesão aos princípios do avivamento bíblico, transcrevo um dos capítulos do Livro “Por Que Tarda O Pleno Avivamento: “Na igreja moderna, a reunião de oração é uma espécie de Cinderela. Essa serva do Senhor é desprezada e desdenhada porque não se adorna com as pérolas do intelectualismo, nem se veste com as sedas da Filosofia; nem se acha ataviada com o diadema da Psicologia. Mas se apresenta com a roupagem simples da sinceridade e da humildade, e por isso não tem receio de se ajoelhar. O “mal” da oração é que ela não se acha necessariamente associada a grandes f…

Resgatando os valores perdidos no lar

Lucas 15.8-10
8 Ou qual é a mulher que, tendo dez dracmas, se perder uma, não acende a candeia, varre a casa e a procura diligentemente até encontrá-la?
9 E, tendo-a achado, reúne as amigas e vizinhas, dizendo: Alegrai-vos comigo, porque achei a dracma que eu tinha perdido.10 Eu vos afirmo que, de igual modo, há júbilo diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende.
A parábola (ilustração) da dracma perdida faz parte do conjunto de parábolas que Jesus contou em Lucas 15 para ilustrar o amor de Deus pelos pecadores, a parábola da ovelha perdida, do dracma perdida e do filho pródigo. Nas três parábolas, Deus busca o que estava perdido, encontra o que estava perdido e celebra com grande alegria a recuperação do que estava perdido. Uma Dracma era uma moeda. Observa-se que a mulher descrita é uma camponesa pobre, e as dez moedas de prata, "provavelmente representam a poupança da família." [2] As moedas também poderião ser o dote da mulher, vestida como um ornamento, como u…

Mantendo o fogo de Deus aceso.

1 Samuel 3.1-4
3.1 O jovem Samuel servia ao SENHOR, perante Eli. Naqueles dias, a palavra do SENHOR era mui rara; as visões não eram freqüentes.
2 Certo dia, estando deitado no lugar costumado o sacerdote Eli, cujos olhos já começavam a escurecer-se, a ponto de não poder ver,
3 e tendo-se deitado também Samuel, no templo do SENHOR, em que estava a arca, antes que a lâmpada de Deus se apagasse, 4 o SENHOR chamou o menino: Samuel, Samuel! Este respondeu: Eis-me aqui!
Existia no tabernáculo, onde se adorava a Deus, um candelabro , com sete lâmpadas que deveriam sempre estar acessas. E também havia o altar de holocaustos, onde o fogo não poderia se apagar.
· Ex 27.20“Ordenarás aos filhos de Israel que te tragam azeite puro de oliveiras, batido, para o candeeiro, para manter uma lâmpada acesa continuamente” (Êxodo 27:20). –falando do candelabro
· Lv6 .12 e 13:“O fogo que está sobre o altar arderá nele, não se apagará; mas o sacerdote acenderá lenha nele cada manhã, e sobre ele porá em ordem o h…