Pular para o conteúdo principal

Gestos de Jesus


Gestos de Jesus

MC 10. 46-51
46 E foram para Jericó. Quando ele saía de Jericó, juntamente com os discípulos e numerosa multidão, Bartimeu, cego mendigo, filho de Timeu, estava assentado à beira do caminho 47 e, ouvindo que era Jesus, o Nazareno, pôs-se a clamar: Jesus, Filho de Davi, tem compaixão de mim! 48 E muitos o repreendiam, para que se calasse; mas ele cada vez gritava mais: Filho de Davi, tem misericórdia de mim! 49 Parou Jesus e disse: Chamai-o. Chamaram, então, o cego, dizendo-lhe: Tem bom ânimo; levanta-te, ele te chama. 50 Lançando de si a capa, levantou-se de um salto e foi ter com Jesus. 51 Perguntou-lhe Jesus: Que queres que eu te faça? Respondeu o cego: Mestre, que eu torne a ver. 52 Então, Jesus lhe disse: Vai, a tua fé te salvou. E imediatamente tornou a ver e seguia a Jesus estrada fora.

Você é uma pessoa que se emociona?
Na verdade nos emocionamos facilmente com determinados gestos, na verdade há palavras, ações e atitudes que podem comunicar à nós muita beleza e extrair de nós lágrimas de emoção.
As vezes gestos simples são muito significativos:
· Um abraço de um filho;
· Um “Feliz aniversário”
· Um aperto de mão que inspire confiança;
São gestos marcantes em um mundo onde as pessoas pouco se conhecem.
Explicação: Jesus tem gestos que marcam a vida de uma pessoa.
Imaginemos por alguns momentos a triste e terrível situação desse pobre cego de Jericó. Bartimeu era seu nome; vivia assentado à beira da poeirenta estrada; a margem do caminho. Sentindo o desinteresse das pessoas por ele; sua situação era triste. Envolto em trapos; um mendigo; um cego.
Bartimeu não era visto pela sociedade, e nem podia ver as pessoas e o mundo, estava isolado. De repente, surge em sua vida o grande dia. Jesus estava passando por ali, e ele poderia ser curado.
Neste encontro Jesus demonstrou alguns gestos para Bartimeu, gestos que na vida de Bartimeu significaram muito.
Que gestos de Jesus marcaram a vida de Bartimeu?
1º Gesto: Um gesto de atenção.(v.49)
"Parou Jesus e disse: Chamai-o. Chamaram, então, o cego, dizendo-lhe: Tem bom ânimo; levanta-te, ele te chama."
Como é terrível pedir ajuda a alguém e não ser atendido!
A verdade é que na maioria das vezes as pessoas não estão dispostas a atender o clamor, ou socorrer, aquele que precisa. Os nossos olhos estão muito voltados para nossas necessidades, nossas correrias, atividades, visando sempre o bem estar. O mundo de hoje é o mundo do “eu” e do que é”melhor para mim”. É o mundo do egoísmo.
É o século da tecnologia, mas que pode ser chamado século da correria, da pressa, do “não tenho tempo”, do “não posso parar” e do “ estou muito ocupado!”.
O interessante, neste texto, é que Jesus estava também ocupado com a multidão. Mas ele pára. Mesmo em meio à multidão, Jesus parou.
Todos nós precisamos de atenção. E Jesus faz questão de nos dar sua atenção, prestando seus ouvidos às nossas orações, recebendo o nosso clamor, e também dando atenção às nossas lágrimas. Se ninguém está disposto a te dar atenção,Ele está.
Ninguém dava atenção à um pobre cego e mendigo, Bartimeu era simples demais, sua capa era velha, seus olhos físicos não podiam ver nada, e Cristo era alguém muito importante, e por isso ELE parou.
Jesus ainda continua parando diante de muitas vidas, e sempre quando ele pára , algo poderoso, grande e lindo acontece.
Nesse momento, Jesus pára diante de seu coração. Você é muito importante; você é alguém precioso demais para ELE, por isso ele pára à sua frente. Ninguém via a preciosidade de Bartimeu; mas ELE viu. Ninguém vê sua preciosidade, mas para ele você vale muitíssimo; não dinheiro, nem jóias, mas você foi comprado com seu próprio sangue.
Talvez, nunca ninguém parou para te ouvir, ouvir seus problemas, suas preocupações e ansiedades, quem sabe nunca ninguém te deu atenção. Mas, Cristo está interessado em você.
O 1º gesto de Jesus, foi um gesto de atenção.
2º Gesto: Um gesto de interesse.(v.49)
"Parou Jesus e disse: Chamai-o. Chamaram, então, o cego, dizendo-lhe: Tem bom ânimo; levanta-te, ele te chama."
Agora, não só Jesus pára, mas ele chama aquele homem miserável.; demonstrando sua ternura e amor.
O chamado de Jesus é sempre irresistível, sua voz não atinge só o nosso ouvido físico, mas também penetra nosso coração.
É maravilhoso sabermos:
a) Jesus se interessa por nós, independente do lugar ou situação que estamos enfrentando.
Bartimeu:
· Cego
· Pedindo esmolas
· Roupa suja e rasgada

b) Jesus se interessa por nossos problemas. A pergunta de Jesus ao cego no verso 51 é: Que queres que eu te faça?
Ele está pronto à nos ouvir, e nos atender. Ele nos convida á irmos até ele.
3º Gesto: Um gesto de boa vontade.v.51
" Perguntou-lhe Jesus: Que queres que eu te faça? Respondeu o cego: Mestre, que eu torne a ver".

Note a pergunta:”Que queres que “eu “ te faça?
· Não o que a religião pode fazer;
· Não é o que a tradição pode fazer;
· Não é o que o dinheiro pode fazer;
· Sim, o que Jesus pode fazer.
Jeremias 32 - 27 Eis que eu sou o SENHOR, o Deus de todos os viventes; acaso, haveria coisa demasiadamente maravilhosa para mim?
4º Gesto: um gesto de amor.(v,52)
"Então, Jesus lhe disse: Vai, a tua fé te salvou. E imediatamente tornou a ver e seguia a Jesus estrada fora."
A salvação de Bartimeu foi uma grande demonstração de amor.
Só o amor é capaz de abrir os nossos olhos para a salvação.
Os milagres de Cristo ,acima de tudo foram e são demonstrações de amor.
Há uma cegueira espiritual ,que só o amor de Cristo pode curar;
A cegueira da :
· Tradição
· Religião
· Superstição
· Idolatria.
E por amor Jesus quer tirar tudo isso da sua vida, para que você possa visualizar o seu amor.
Conclusão.
Há um cântico que diz: “ Abra os olhos do meu coração pois quero te ver”.
Precisamos que o SENHOR JESUS, nos faça ver os seus gestos de amor que são contínuos nas nossas vidas.
As vezes gestos simples são muito significativos:
· Um abraço de um filho;
· Um “Feliz aniversário”
· Um aperto de mão que inspire confiança;
São gestos marcantes em um mundo onde as pessoas pouco se conhecem.
Jesus tem gestos que marcam a vida de uma pessoa.
Neste encontro Jesus demonstrou alguns gestos para Bartimeu, gestos que em sua vida significaram muito.

Que gestos de Jesus marcaram a vida de Bartimeu?

1º Gesto: Um gesto de atenção.(v.49)
2º Gesto: Um gesto de interesse.
3º Gesto: Um gesto de boa vontade.v.51
4º Gesto: um gesto de amor.(v,52)
Você está à margem do caminho? Cristo te chama .

Comentários

  1. muito bom que possamos saber que diante dos poblemas o senhor jesus se faz presente

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Trazendo a Arca da Aliança

Como trarei a mim a arca de Deus? Leonard Ravenhill(1907-1994) foi um escritor e evangelista cristão britânico que focalizava em assuntos como oração e avivamento. É mais conhecido por desafiar a igreja moderna e seu mais notável livro é “Por Que Tarda o Pleno Avivamento?” Através de seu ensino e de seus livros, Ravenhill abordou as disparidades que ele percebia entre a Igreja do Novo Testamento e a Igreja moderna e apelou para a adesão aos princípios do avivamento bíblico, transcrevo um dos capítulos do Livro “Por Que Tarda O Pleno Avivamento: “Na igreja moderna, a reunião de oração é uma espécie de Cinderela. Essa serva do Senhor é desprezada e desdenhada porque não se adorna com as pérolas do intelectualismo, nem se veste com as sedas da Filosofia; nem se acha ataviada com o diadema da Psicologia. Mas se apresenta com a roupagem simples da sinceridade e da humildade, e por isso não tem receio de se ajoelhar. O “mal” da oração é que ela não se acha necessariamente associada a grandes f…

Resgatando os valores perdidos no lar

Lucas 15.8-10
8 Ou qual é a mulher que, tendo dez dracmas, se perder uma, não acende a candeia, varre a casa e a procura diligentemente até encontrá-la?
9 E, tendo-a achado, reúne as amigas e vizinhas, dizendo: Alegrai-vos comigo, porque achei a dracma que eu tinha perdido.10 Eu vos afirmo que, de igual modo, há júbilo diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende.
A parábola (ilustração) da dracma perdida faz parte do conjunto de parábolas que Jesus contou em Lucas 15 para ilustrar o amor de Deus pelos pecadores, a parábola da ovelha perdida, do dracma perdida e do filho pródigo. Nas três parábolas, Deus busca o que estava perdido, encontra o que estava perdido e celebra com grande alegria a recuperação do que estava perdido. Uma Dracma era uma moeda. Observa-se que a mulher descrita é uma camponesa pobre, e as dez moedas de prata, "provavelmente representam a poupança da família." [2] As moedas também poderião ser o dote da mulher, vestida como um ornamento, como u…

Mantendo o fogo de Deus aceso.

1 Samuel 3.1-4
3.1 O jovem Samuel servia ao SENHOR, perante Eli. Naqueles dias, a palavra do SENHOR era mui rara; as visões não eram freqüentes.
2 Certo dia, estando deitado no lugar costumado o sacerdote Eli, cujos olhos já começavam a escurecer-se, a ponto de não poder ver,
3 e tendo-se deitado também Samuel, no templo do SENHOR, em que estava a arca, antes que a lâmpada de Deus se apagasse, 4 o SENHOR chamou o menino: Samuel, Samuel! Este respondeu: Eis-me aqui!
Existia no tabernáculo, onde se adorava a Deus, um candelabro , com sete lâmpadas que deveriam sempre estar acessas. E também havia o altar de holocaustos, onde o fogo não poderia se apagar.
· Ex 27.20“Ordenarás aos filhos de Israel que te tragam azeite puro de oliveiras, batido, para o candeeiro, para manter uma lâmpada acesa continuamente” (Êxodo 27:20). –falando do candelabro
· Lv6 .12 e 13:“O fogo que está sobre o altar arderá nele, não se apagará; mas o sacerdote acenderá lenha nele cada manhã, e sobre ele porá em ordem o h…