Pular para o conteúdo principal

Ele: Terceira pessoa do singular; mas primeira de nossas vidas.
Bendiga o Senhor a minha alma! Bendiga o Senhor todo o meu ser 2 Bendiga o Senhor a minha alma! Não esqueça nenhuma de suas bênçãos!3 É ele que perdoa todos os seus pecados e cura todas as suas doenças 4 que resgata a sua vida da sepultura e o coroa de bondade e compaixão,5 que enche de bens a sua existência, de modo que a sua juventude se renova como a águia.(Salmo 103 versículos 1 ao 5).
Em muitas circunstâncias queremos o socorro de alguém, aliás, não conseguimos viver sozinhos. E a nossa pergunta é sempre: “Quem poderá nos ajudar nesse problema, ou naquela circunstância?” A grande verdade é que precisamos de uma terceira pessoa, precisamos de Deus. Pois é ele, o único que em todas as circunstâncias está presente. Assim, no texto acima, Davi rei de Israel , se expressou louvando ao Senhor Deus nas palavras desse salmo onde coloca uma figura central, nos versículos lidos, coloca ELE, Deus em primeiro lugar.E é ele quem nos ajudará a vencer todas as lutas. Quero citar sobre a importância de tê-lo em sua vida, pois ele é extremamente valioso nas nossas vidas . Então amigo leitor, você já pensou sobre qual é a importância de vivermos com Deus? E, por que Deus é tão essencial na nossa existência? Vejamos algumas colocações:
1) É Ele que perdoa: O versículo 3 nos diz o seguinte:”É ele que perdoa todos os seus pecados”. Ele, Deus, é o único que pode perdoar seus pecados, por mais que eles tenham marcado sua existência, e te afastado da presença dele, ainda assim, ele é quem perdoa. A bíblia nos afirma: “Se confessarmos os nossos pecados ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça”(.1 João 1.9)
2) É Ele que cura: Ainda no versículo 3 lemos: “ e cura todas as suas doenças” . Toda cura de enfermidades que necessitamos para o nosso organismo está nele. Ele cura o corpo e cura a alma. O corpo das doenças físicas, a alma é liberta da depressão, da culpa, da tristeza. Mas não só isso, ele nos cura do maior problema que existe, o pecado nos perdoando na cruz do calvário. No livro do profeta Isaías capitulo 53, versículo 4 e 5 lemos a respeito de Jesus: “ Certamente, ele tomou sobre si as nossas enfermidades e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus e oprimido. 5 Mas ele foi traspassado pelas nossas transgressões e moído pelas nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.”
3) É Ele que resgata: No versículo 4, do salmo 103 lemos: “que resgata a sua vida da sepultura” Existe uma sepultura física, e existe uma para a alma, a sepultura da alma é o lugar de tormento. E você pode estar condenado ao lugar de tormento eterno, chamado inferno, mas se você tem a Jesus na sua vida, ele resgata sua vida da sepultura.
“Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Porquanto Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.” (João 3.16 e17)
4) É Ele que farta: Ainda no versículo 5 lemos :”que enche de bens a sua existência, de modo que a sua juventude se renova como a águia”.
Sabe por que com ele você é cheio de bens? Porque é ele o bem maior que nunca deixará de existir. Davi disse no Salmo 16, versículo 2 :“ Ao Senhor declaro:” Tu és o meu Senhor; não tenho bem nenhum além de ti”.
Você pode ter tudo, mas tudo passará. Mas se você tiver Jesus na sua vida, ele jamais te deixará. Então acredite, ele tem que ser a primeira pessoa na sua vida, convide-o para isso. Pois é ele: que perdoa, que cura, que resgata e que farta.
Deus te abençoe !
Pastor Welinton Mehret

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trazendo a Arca da Aliança

Como trarei a mim a arca de Deus? Leonard Ravenhill(1907-1994) foi um escritor e evangelista cristão britânico que focalizava em assuntos como oração e avivamento. É mais conhecido por desafiar a igreja moderna e seu mais notável livro é “Por Que Tarda o Pleno Avivamento?” Através de seu ensino e de seus livros, Ravenhill abordou as disparidades que ele percebia entre a Igreja do Novo Testamento e a Igreja moderna e apelou para a adesão aos princípios do avivamento bíblico, transcrevo um dos capítulos do Livro “Por Que Tarda O Pleno Avivamento: “Na igreja moderna, a reunião de oração é uma espécie de Cinderela. Essa serva do Senhor é desprezada e desdenhada porque não se adorna com as pérolas do intelectualismo, nem se veste com as sedas da Filosofia; nem se acha ataviada com o diadema da Psicologia. Mas se apresenta com a roupagem simples da sinceridade e da humildade, e por isso não tem receio de se ajoelhar. O “mal” da oração é que ela não se acha necessariamente associada a grandes f…

Resgatando os valores perdidos no lar

Lucas 15.8-10
8 Ou qual é a mulher que, tendo dez dracmas, se perder uma, não acende a candeia, varre a casa e a procura diligentemente até encontrá-la?
9 E, tendo-a achado, reúne as amigas e vizinhas, dizendo: Alegrai-vos comigo, porque achei a dracma que eu tinha perdido.10 Eu vos afirmo que, de igual modo, há júbilo diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende.
A parábola (ilustração) da dracma perdida faz parte do conjunto de parábolas que Jesus contou em Lucas 15 para ilustrar o amor de Deus pelos pecadores, a parábola da ovelha perdida, do dracma perdida e do filho pródigo. Nas três parábolas, Deus busca o que estava perdido, encontra o que estava perdido e celebra com grande alegria a recuperação do que estava perdido. Uma Dracma era uma moeda. Observa-se que a mulher descrita é uma camponesa pobre, e as dez moedas de prata, "provavelmente representam a poupança da família." [2] As moedas também poderião ser o dote da mulher, vestida como um ornamento, como u…

Mantendo o fogo de Deus aceso.

1 Samuel 3.1-4
3.1 O jovem Samuel servia ao SENHOR, perante Eli. Naqueles dias, a palavra do SENHOR era mui rara; as visões não eram freqüentes.
2 Certo dia, estando deitado no lugar costumado o sacerdote Eli, cujos olhos já começavam a escurecer-se, a ponto de não poder ver,
3 e tendo-se deitado também Samuel, no templo do SENHOR, em que estava a arca, antes que a lâmpada de Deus se apagasse, 4 o SENHOR chamou o menino: Samuel, Samuel! Este respondeu: Eis-me aqui!
Existia no tabernáculo, onde se adorava a Deus, um candelabro , com sete lâmpadas que deveriam sempre estar acessas. E também havia o altar de holocaustos, onde o fogo não poderia se apagar.
· Ex 27.20“Ordenarás aos filhos de Israel que te tragam azeite puro de oliveiras, batido, para o candeeiro, para manter uma lâmpada acesa continuamente” (Êxodo 27:20). –falando do candelabro
· Lv6 .12 e 13:“O fogo que está sobre o altar arderá nele, não se apagará; mas o sacerdote acenderá lenha nele cada manhã, e sobre ele porá em ordem o h…